terça-feira, 20 de setembro de 2011

Ser doce


Me deixa roubar o teu juízo, fazer minha morada em tua alegria, em nossos abraços e carinhos, e muitos filmes em tarde fria juntinho contigo. Com algumas colheres de brigadeiro quente de panela a te entregar cada porção em sua boca, acompanhada de um ou dois beijinhos, mas os meus beijinhos. É, me deixa ser o teu doce, meu bem - o melhor deles. O de coco, a rapadura preta, quebra queixo ou gelatina de uva. Pode ser também a paçoca, nego bom, cocada de amendoim ou jujuba. Puxa puxa, a maria mole que eu não gosto, caramelo, torrone, morango no chocolate. O suspiro azul, algodão doce, mel com fuba, alcaçuz, ovo malte. Ou quem sabe, talvez, leite condensado com limão; E me deixar ser a única que mora e saltita o teu coração.

2 comentários:

BelMendes disse...

que fofo texto, um doce ^^
http://saiadeflorbm.blogspot.com/

Guilherme disse...

Leite condensado com limão é daquelas doçuras que tanto gosto e encontro nas entrelinhas do teu escrito.

Que coisa boa! Bom ser as minhas sementes inspiração pra ti, qualquer que seja.

Sim! Eu suspeito que possa ser sobre o chocolate belga, não? "Bom gosto"...

Beijos meus...